terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Presentes para alma e espírito

 
Acordar com presentes, que não se compra no supermercado, nem se usa o cred qualquer coisa para paga-lo. É desses presentes que vou completando-me nessa infinidade de estar viva EM MIM E NO OUTRO. As lembranças mais sutis, mais singelas, uma rosa congelada na fotografia de CEIZÃO, a releitura do arame farpado de REBECA PORTO, Os pés retratados por RENATO. OS MACROS NOS OLHOS PELOS OLHOS DE OUTROS. O texto de Marcinho Mosiel repleto de elogios de sua forma de ver minha arte... É desses elementos que se nutre minha alma e meu espírito.

 
Sou feliz de passar por essa terra, ter essa vida dinâmica e efêmera, que vale muito à pena casa segundo. 
Eu divido com os que aqui passam os presentes recebidos.


"Parei e pensei em você.
O céu estava absurdamente escandaloso em cores.
O dia estava nascendo.
E desnuda a rosa posou para mim.[...]
Uma homenagem a minha querida de tantos momentos! "
Joceir Jr.

O que resulta uma tarde de trabalho?
Além de boas fotos e um bom compromisso profissional, resulta em muito cansaço e sono.
Exausto cheguei em casa, deixei a máquina de lado, comi alguma coisa que nem me lembro mais e me esparramei na cama.
Não faço a mínima ideia de que horas eram, mas creio que rondava a casa das 21h.
O sono profundo e intenso porém despertei as 4h.
Comecei a editar fotos, a vagabundar por minhas comunidades no Orkut e depois fui fotografar.
O quê? Eu tb não sei mas fui.
Na varanda encontrei minha modelo de sempre: a rosa de minha mãe.

Dedico essa foto a você, que sempre desnuda-se em pensamentos e palavras comigo.
Bjos.
Saudades.
Teu Ceizão.

Um comentário:

http://twitter.com/#!/mpmmarlon disse...

http://marlonmendes22.blogspot.com olha o meu blog .. to começano como fotografo agora to presizano de um empurraozinho sabe
vlw ... bjaooo