quarta-feira, 19 de maio de 2010


LANÇAMENTO DO LIVRO: GRILAGEM, CORRUPÇÃO E VIOLÊNCIA EM TERRA DO CARAJÁS (AUTORIA DO PADRE VICTOR ASSELIN)
    

O evento está sendo organizado Pela CESI/UEMA através do Programa DIÁLOGOS e o Centro de Educação e Cultura do Trabalhador Rural – CENTRU/MA.   Apoiado por várias entidades da sociedade civil. Padre Victor foi um dos fundadores da Comissão Pastoral da Terra (CPT) no Brasil e o seu livro, lançado pela primeira vez em 1982, é considerado uma das principais denúncias sobre a grilagem de terras em nosso país. O lançamento desta nova edição tem como objetivo principal estimular o debate sobre a questão agrária no Maranhão.

O evento

DATA DO EVENTO: 25/05/2010
LOCAL: CESI/UEMA
PROGRAMAÇÃO:
14h00min – 14h15minh Abertura
14h15min – 14h45min Mostra fotográfica com esclarecimentos pela autora
Autora: Vanusa Babaçu (Pedagoga)
14h45min - Oficina: Formação de lideranças comunitárias.
Formador: Pe. Victor Asselim
16:30h - Lanche
17:30h - Lançamento do Programa “DIÁLOGOS”
18:00h – Lançamento do Programa de Mestrado em “Desenvolvimento Sócio espacial e Regional”
Coordenadora do Mestrado: Dra. Zulene Muniz Barbosa
19:00h – Mesa redonda: “A sócio-sustentabilidade e a questão da terra”
Coordenação: Prof. Expedito Barroso (COORDENADOR DO CESI/UEMA)
Palestrantrantes:
Dom Gilberto Pastana (Bispo de Imperatriz)
Tema: O plebiscito sobre o limite da terra.
Manoel Conceição Santos (Educador Popular)
Tema: O empoderamento social a partir da terra
João Palmeira Junior (agrônomo)
Tema: Impactos socioambientais dos grandes projetos.
20:00 – 20:30h – Participação da Plenária
20:30 – Lançamento Livro “Grilagem: corrupção e violência em Terras do Carajás”
Autor: Victor Asselim
20:30 – 20:45- Apresentação do obra e do autor pelo editor.
20:45 – 21:30 – Trajetória de lançamento e relançamento da Obra pelo autor
21:30 – Sessão de autógrafos.
MOMENTO CULTURAL

 


Um comentário:

Deane disse...

Oi Vanusa...

Acho que te disse isso, eu gosto das tuas fotos. Surrupiei uma, e postei no meu blog. Com os devidos créditos é claro..
Abraço!