quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Açoite - Cairo Morais


2 comentários:

cairo morais disse...

Essas tolas e burras palavras que jogo ao leu é o mínimo do que posso espremer de partículas de umas gotas de lagrimas do meu coração.
Açoite é dedicado a Vanusa Babaçu a minha inspiração eterna, pois as lembranças são eternas.

beijos
Cairo Morais

Vanusa Babaçu disse...

Inspirar poesia no outro? Só isso ja vale muito a pena viver. Se o outro é tu.. Vale a pena ao quadrado. Mas sei que sou uma fonte de inspiração "PORENQUANTO" e nao vejo problema er ser. No entanto, fazer parte de tuas 'LEMBRANÇAS" Eu espero que demore um pouco, um pouco bem demorado.

Bejinhos açoitados com carinho!!!!

Eu e tu, meu hoje completo.

te Amo!!!